Monday, March 8, 2010

diga menos, sinta mais;

instinto... pra seguir, conquistar, levantar, colocar cada coisa no lugar;
fazer sempre o certo pra poder se adiantar, correndo sempre atrás pra não se atrasar;
seguir na vida nunca foi como eu pensava, tem muita gente atrasando a caminhada;
te julgam por nada sem saber da estrada, pensam e falam demais;
se julgam mais mas na hora tanto faz, quem vai sumir e quem vai ficar?
prefiro não saber antes do momento chegar;
deixa eu pensar...

como nessa batida, como encontrar a saída, como no sentido da vida por muitos vivida mas sempre incompreendida, deixando de lado o que não presta e sabendo que nem todo dia é dia de festa, nem toda ferida se cura e tem muita gente na captura dessa tal felicidade que eu só ouvi falar...

se um dia me casar com você vou a conhecer no altar.

5 comments

Taiane Veras said...

Profundo esse poema! beijos

juba1601 said...

adoro o que você escreve, sério mesmo. admiro muito, parabéns. leio sempre :* (@Jucury)

Ana Lívia Garcia said...

eu admiro mto vc e todo o jeito que vc escreve,..

qria mto encontrar essa tal felicidade no altar mais só se fosse com vc..Te adoroo (minha vida!)

Rá Peres said...

adoreeei :) e eu to seguindo aqui e lá no twitter tb! @raperes

:*

Dorothy said...

Um dos melhores!

© pensamentos voam com o vento;
Maira Gall