Friday, May 28, 2010

esquece o mundo, vem pra cama;

eu ando meio fraco ultimamente, nem eu sei bem o porque na verdade... às vezes eu imagino o que seja mas prefiro mudar de raciocínio, dói tanto... machuca tanto... mesmo depois de tudo.
minhas pernas tremem só de imaginar qualquer possibilidade de perder você de novo, seu sorriso não existe fora do meu campo de visão, você só vai ser feliz se for comigo, já te provei isso... mais de uma vez.
os dias passam, a saudade aperta, o ciúme machuca... eu já nem sei mais como estou em pé, eu já nem sei mais pra que ficar em pé se não tem você na minha cama pra deitar, ela é tão grande quando você não tá aqui, eu viro, às vezes parece que dou voltas intermináveis até chegar onde era pra estar você... e não tem ninguém, esse é o problema, eu me pego dormindo do mesmo lado que a gente sempre dorme, no mesmo canto da cama que eu durmo com você... mas não tem ninguém, esse é o problema.
às vezes acho que penso demais, às vezes acho que se pensasse menos teria enlouquecido, até mais do que o normal.

eu quero você aqui, esquece o mundo, apaga tudo da memória e guarda espaço que eu tenho muita coisa pra te mostrar, quer vir comigo?
se não quiser vir... me deixa voar sozinho, não posso viver sem você, preso a você seria uma tortura maior que me jogar nos seus olhos lacrimejando, pedindo calma.

calma... vem pra cama? só eu e você, o mundo pode esperar.

3 comments

Carol Nefertari said...

"eu viro, às vezes parece que dou voltas intermináveis até chegar onde era pra estar você". Isso sempre acontece comigo! Lindo texto, Koala.

Marih said...

Koah... que lindo *-* Sem palavras pra definir isso...

samela said...

porque escreve tão bem? *-* amei

© pensamentos voam com o vento;
Maira Gall